segunda-feira, 8 de agosto de 2011

ANULADO RESULTADO DO CARNAVAL 2011 PORTO VELHO-RO


Escolas de Samba de Porto Velho acatam recurso do GRES Asfaltao e anulam o resultado do carnaval de 2011.

Em reunião de assembleia realizada neste sábado, dia 6, na sede provisória da FESEC (Federação das Escolas de Samba e Entidades carnavalescas de Rondônia) reuniram-se as Agremiações filiadas para apreciarem recurso impetrado pelo GRES Asfaltao e decidiram, por 8 votos contra 4, acatar o recurso da Escola amarelo, Preto e BrancoANULANDO o resultado do desfile de 2011 por suspeição do corpo de jurados.
Para entender a historia:
· Domingo (06 de março de 2011) a seis horas antes do primeiro dia de desfile das Escolas, As Agremiações foram convocadas, às pressas, para conhecer os jurados e, se fosse o caso, impugnar os nomes;
· Acontece que os dirigentes, no ápice de colocar suas Escolas na avenida, tiveram que ausentar-se de suas bases para discutir, em uma reunião tensa e em cima da hora, nomes desconhecidos. Os dirigentes não tiveram tempo hábil para analisar os nomes sugeridos, pois nem fotos dos jurados existiam;
· Mesmo assim, ainda foram detectados e impugnados dois nomes com forte relação de parentesco com a agremiação Os Diplomatas que foram apontados pela coirmã São Joao Batista. Mais tarde viria a tona que mais jurados que, participaram na avenida, tinham grau de parentesco ou envolvimento com dirigentes, diretores, mestre de bateria e outros componentes da Escola de samba Diplomatas;
· Vem o desfile... Pelo que as Escolas apresentavam na avenida e se não acontecesse nenhum atropelo, tudo indicava que resultado seria uma vitória apertada entre as Escolas de Samba Asfaltao e a Diplomatas;
· Eis que surge um fato inesperado o ultimo carro alegórico da Diplomatas apresenta uma falha mecânica (quebra) e como consequência 4 quesitos foram prejudicados, ou seja:
ALEGORIASA quebra de alegorias tem merecido nota mínima como punição e tem deixado grandes escolas à beira do rebaixamento como Portela e SalgueiroNotas aferidaspelos julgadores à Diplomatas: 9,9 (nove virgula nove) e 9,6 (nove virgula seis).
ENREDO: Segundo justificativa dos jurados existia alas “entrando uma nas outras”; ausências de três alas que constavam na sinopse; e as alas que estavam localizadas atrás da alegoria danificada ultrapassaram-na a fim de “cobrir o buraco” saindo assim, da ordem do desfile mudando seu posicionamento. Notas aferidas: 10,0 (dez) e 10,0 (dez).
EVOLUÇÃOAqui está o erro mais gritante. Retrocesso de brincantes que voltam de sua posição para ajudar a empurrar a alegoria e três momentos (num período de mais ou menos 3 minutos cada um perfazendo aí 9 min.) de “buracos” imperdoáveis.Notas aferidas: 10,0 (dez) e 9,9 (nove vírgula nove).
HARMONIAQuebra de alegorias, buracos entre alas, canto prejudicado por causa da correria dos brincantes, ausência de alas, harmonia deveria ser nota mínima, ou seja: 7,0 (sete). Notas aferidas: 10,0 (dez) e 10,0 (dez).
Desse modo, as filiadas entendem que com a decisão da ANULAÇÃO do carnaval 2011 foi feito justiça e dado um passo importante para a moralização do carnaval de rua de Porto Velho e o GRES Asfaltao compreende que está contribuindo com a cultura de nosso estado.

Diretoria do GRES Asfaltao

Nenhum comentário:

Postar um comentário